fbpx
biotecnologia agrícola

Biotecnologia agrícola: 7 produtos que impulsionam a agricultura

Biotecnologia agrícola: o que é, como ela ajuda a agricultura e 7 produtos dessa técnica para você conhecer melhor!

A biotecnologia surgiu como uma parte da pesquisa para descoberta de produção de produtos farmacêuticos, além de diagnósticos, prevenção e cura de doenças.

Nas últimas décadas, essa tecnologia encontrou um lugar na indústria agrícola como nunca antes e você deve saber que a biotecnologia agrícola é parte integral nos negócios de hoje.

Estudo e pesquisas provaram que a biotecnologia agrícola é uma tecnologia segura e benéfica que desempenha um grande papel na promoção da sustentabilidade econômica e ambiental. 

Você já deve ter lido muito sobre culturas e alimentos geneticamente modificados e são as principais áreas de foco para essa tecnologia. 

No entanto, a biotecnologia agrícola produz uma variedade de outros produtos que oferecem inúmeros benefícios para a população global. 

E é isso que vamos mostrar a seguir, 7 aplicações da biotecnologia agrícola, acompanhe!

O que é biotecnologia agrícola

A biotecnologia agrícola  se refere à técnica que altera partes dos organismos vivos ou modifica produtos agrícolas, para que as culturas sejam melhoradas e que certos microrganismos sejam desenvolvidos para fins de cultivo.

É segura para nós humanos desde que seja elaborada e desenvolvida com um respeito firme pela própria natureza, com a garantia de que nenhum dano deve ser feito para perturbar o equilíbrio das coisas.

Atualmente, a biotecnologia é, na verdade, dividida em categorias principais. A biotecnologia vermelha é usada no campo da medicina, a biotecnologia branca é utilizada no campo industrial, a biotecnologia azul está associada ao campo aquático e, é claro, a biotecnologia verde é aplicada ao campo da agricultura.

 Biotecnologia agrícola aplicada ao campo da agricultura. 
Fonte: ISAAA
Fonte: ISAAA

A biotecnologia é muito útil na agricultura, aumentando  o rendimento das culturas primárias, o valor nutritivo dos alimentos e, em seguida, diminui a vulnerabilidade das culturas ao tempo ou à doença. 

De fato, a referida aplicação pode até melhorar tanto a textura como o sabor dos alimentos. Além disso, reduz a necessidade de usar produtos químicos e defensivos agrícolas nocivos. 

Com isso em mente, vamos ver os 7 principais produtos obtidos pela biotecnologia agrícola?

7 produtos obtidos pela biotecnologia agrícola

Vacinas para plantas

A biotecnologia agrícola está mudando os processos de prevenção de doenças, principalmente nos países em desenvolvimento com novas vacinas que empregam inovações através de culturas geneticamente modificadas.

Alimentos como frutas, grãos e vegetais são projetados para transportar proteínas antigênicas que são extraídas de patógenos. 

Quando injetados no corpo, esses antígenos desencadeiam uma resposta imunológica e aumentam a resistência do corpo contra os patógenos. 

Um exemplo é a vacina anti-linfoma obtida do tabaco em que as plantas de tabaco são projetadas para transportar RNA de células B malignas. 

A proteína extraída é injetada no corpo, uma resposta imune é desencadeada que destrói as células cancerosas.

Reprodução de plantas e animais

A biotecnologia agrícola tornou possível melhorar as características de plantas e animais em um nível molecular por meio da superexpressão ou remoção de genes, ou a introdução de genes estranhos.

O uso das técnicas tradicionais, como polinização cruzada, enxerto e cruzamento para melhorar os padrões de comportamento de plantas e animais, leva um tempo bem maior. 

A inseminação artificial, a transferência de embriões e outras tecnologias associadas são usadas no gerenciamento das funções reprodutivas de um animal melhorando características da prole resultante. 

Essas melhorias aumentaram a produtividade agrícola nos países em desenvolvimento e aumentaram sua capacidade de sustentar a população em crescimento. 

Suplementos nutricionais

Os cientistas descobriram maneiras de criar alimentos geneticamente modificados com nutrientes que podem ajudar a combater doenças e fome. 

Um grande exemplo desses alimentos é o arroz dourado (Golden Rice), que contém betacaroteno, um carotenoide que no corpo humano é importante fonte de vitamina A.

Biotecnologia agrícola - Comparação entre o arroz dourado (à esq.) e arroz branco (à dir.)
Comparação entre o arroz dourado (à esq.) e arroz branco (à dir.)
Fonte: Planeta Arroz

O nome do arroz vem da cor do grão transgênico feito de três genes: dois de uma planta (Narcissus pseudonarcissus) e um de uma bactéria (Erwinia uredovora) e esse genes são clonados para tornar o arroz “dourado”.

 As pessoas que comem esse arroz complementam sua dieta com vitaminas e outros nutrientes que podem não obter de outros alimentos.

Culturas resistentes aos defensivos agrícolas

No passado, os agricultores sofreram perdas significativas devido ao uso de defensivos agrícolas que afetam tanto as lavouras quanto as plantas indesejadas. 

A biotecnologia agrícola levou à tecnologia de plantas resistentes aos defensivos agrícolas, permitindo que os agricultores elimine as plantas daninhas, sem prejudicar sua colheita. Um exemplo famoso é a tecnologia Roundup-Ready introduzida pela Monsanto.

A tecnologia foi introduzida pela primeira vez em grãos de soja geneticamente modificados, tornando-os resistentes ao herbicida glifosato, um produto não seletivo e que, portanto, sem a biotecnologia, mata qualquer tipo de planta herbácea.

Essa eliminação seletiva de plantas daninhas economiza tempo valioso dos agricultores em comparação com os métodos tradicionais de remoção de ervas daninhas.

Culturas Resistentes a Pragas

Por muitos anos, um microrganismo conhecido como Bacillus thuringiensis (Bt) foi usado para pulverizar plantações, produzindo proteínas tóxicas contra pragas. 

Cientistas descobriram uma maneira de criar culturas resistentes às pragas com o uso da proteína Bt introduzida nas plantas. 

Biotecnologia agrícola - Plantas Resistentes a Pragas
Fonte: Portal R2S

Eles são conhecidos como culturas Bt, pois o gene que é introduzido na cultura foi originalmente identificado em Bacillus thuringiensis

Exemplos de culturas resistentes a pragas hoje são soja Bt, milho Bt, algodão Bt e cana Bt. Esta proteína tóxica só é prejudicial às pragas, mas é segura para os humanos. 

A introdução dessa tecnologia salvou os agricultores de lidar com infestações de pragas que causam danos graves nas plantações.

Culturas resistentes à condições adversas

Aproximadamente 20 por cento no mundo, é terra arável, uma proporção muito pequena da terra.

No entanto, os cientistas descobriram maneiras de modificar as plantações que podem suportar condições como salinidade, frio e seca. 

Por exemplo, a detecção de genes em plantas que têm a tarefa de absorver sódio levou à introdução de plantas que podem se desenvolver em ambientes de alta salinidade.

Uma técnica conhecida como dessensibilização e adaptação é usada para influenciar a resistência à seca nas plantas. 

Essas tecnologias aumentaram a produção de alimentos, pois as plantas são capazes de se adaptar a climas hostis e terras não cultiváveis.

Biotecnologia agrícola nos Biocombustíveis

A indústria agrícola desempenha um papel importante na produção de biocombustíveis, na medida em que a matéria-prima é usada para fermentação e purificação de bio-óleo, bioetanol e biodiesel. 

Técnicas de engenharia genética e otimização de enzimas são usadas para produzir estoques de boa qualidade para conversões mais eficientes e energia mais altas dos biocombustíveis resultantes. 

O resultado são produtos biocombustíveis de alta qualidade com estoque de alta energia e alto rendimento reduzindo os custos relativos de colheita e transporte. 

Ficou alguma dúvida sobre a biotecnologia agrícola? Quer mais informações sobre algum tema específico? Conte para nós!

Agrotécnico, por redator Emergir, engenheiro Agrônomo pela Universidade de São Paulo (ESALQ/USP) e especialista em produção de conteúdo técnico para agro.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.