fbpx
aminoácidos em plantas

9 ações dos aminoácidos nas plantas

Aminoácidos nas plantas: como melhorar a produção agrícola conhecendo as formas de ação nas plantas.

A produção agrícola está cada vez mais intensiva e em busca de melhores produtividades para cumprirem um objetivo único: alimentar a população mundial com sustentabilidade.

Todos agricultores querem maximizar sua produção sem a necessidade de explorar novas áreas e, é claro, diminuir custos.

O uso de aminoácidos na agricultura ainda é cercado de perguntas e desconfianças, entretanto, os aminoácidos têm potencial de aumentar a eficiência de uso de fertilizantes e aumentar a produção e resistência ao estresse causado por temperatura e déficit hídrico.

Preparamos um resumo das atuações dos aminoácidos nas plantas para que você consiga melhorar e explorar o potencial natural expresso pelas culturas agrícolas.

Importância dos aminoácidos nas plantas

Todo organismo, inclusive os vegetais, precisa de elementos e reações para se manter, crescer e produzir. Além de luz, água e ar, as proteínas são componentes básicos nas células desses organismos. 

Os aminoácidos são ingredientes fundamentais no processo de síntese protéica, cerca de 20 aminoácidos estão envolvidos no processo de cada função. Estudos demonstraram que os aminoácidos podem influenciar direta ou indiretamente as atividades fisiológicas da planta. 

As plantas têm a capacidade de sintetizar os aminoácidos a partir dos elementos disponíveis naturalmente no ambiente. Como carbono e oxigênio, que são obtidos do ar, o hidrogênio da água no solo, este que também disponibiliza o nitrogênio.

Dada sua importância no metabolismo das plantas, suprir a exigência de aminoácidos essenciais é decisivo para aumentar o rendimento e a qualidade das culturas nos estádios fisiológicos, em geral, e em estádios críticos de crescimento em particular. 

A aplicação de aminoácidos mais comum é pela via foliar. As plantas absorvem aminoácidos através dos estômatos e essa absorção é altamente influenciada pela temperatura no momento da aplicação.

Os aminoácidos também podem ser fornecidos para planta, incorporando-os ao solo. Tal modo de aplicação tem como efeito coadjuvante a melhora da microbiota do solo, facilitando assim a assimilação de nutrientes.

Como falamos anteriormente, os aminoácidos exercem funções importantes no metabolismo das plantas e expressam as exigências de diferentes maneiras entre os estádios de desenvolvimento. 

Vamos listar a seguir 9 ações importantes dos aminoácidos nas plantas e seus benefícios na produção:

1 -Equilíbrio no metabolismo vegetal 

Os aminoácidos estão ligados intimamente com o metabolismo das plantas e quando disponibilizados, são rapidamente assimilados pelas plantas nas vias metabólicas. Desse modo é estimulada a síntese de proteínas. 

Os aminoácidos nas plantas atuam no equilíbrio em todos os estádios fenológicos: na germinação, na emergência, fase vegetativa, floração e na maturação dos frutos. 

Em leguminosas é verificado que as plantas sem déficit em aminoácidos, possuem uma formação de nódulos radiculares mais efetiva em seu papel de fixação biológica do nitrogênio (FBN).

2- Aminoácidos nas plantas e a ativação Fotossintética

A glutamina e glutamato, são aminoácidos que atuam na síntese da clorofila, tornando a fotossíntese vegetal mais eficiente e aumentando as reservas de carboidratos disponíveis aos diversos processos metabólicos das plantas. 

Fonte: Bredemeier, Christian, & Mundstock, Claudio Mario. (2000). Regulação da absorção e assimilação do nitrogênio nas plantas. Ciência Rural, 30(2), 365-372.

Além disso, atrasa o envelhecimento das folhas prolongando seu ciclo produtivo (maior produção de carboidratos por maior período de tempo).

3- Redução da fitotoxicidade de defensivos agrícolas

Como já falamos, os aminoácidos estimulam a síntese de proteínas, que por sua vez, facilitam e aceleram as reações químicas celulares. 

Isso funciona como catalisadores biológicos, que aumentam a capacidade das plantas na degradação das moléculas de determinados herbicidas, diminuindo os efeitos da aplicação dessas substâncias na planta.

4- Aminoácidos nas plantas e a maior tolerância das plantas às pragas e doenças 

Os aminoácidos também são responsáveis pela ativação do sistema imunológico das plantas através da síntese de determinadas proteínas, como por exemplo a fenilalanina.

Plantas mais fracas possuem maior acúmulo de água entre as paredes das células, favorecendo fácil acesso a insetos sugadores e patógenos fúngicos. 

Desse modo, os aminoácidos proporcionam redução dos compostos solúveis nas plantas e formação da pectina, proporcionando endurecimento das paredes celulares. Assim formando uma barreira física contra invasores e desempenhando um papel imunológico.

5- Aumenta a absorção e a translocação dos nutrientes 

Os aminoácidos possuem efeito quelante e isso faz com que macro e micronutrientes catiônicos (carga positiva), se anexem a esses aminoácidos ao invés em vez de cátions livres

Segundo Ashmeadet al. (1986), quando o mineral é anexado a aminoácidos pelo processo de quelatização, há maior penetração na membrana cuticular e uma velocidade maior do que o previsto por difusão simples.

Além disso, os aminoácidos vegetais tem participação direta no transporte de nutrientes pelo floema. Portanto, esse processo é evidenciado quando há aplicação de nutrientes essenciais às plantas pela via aérea.

6- Maior tolerância das plantas ao estresse hídrico e geadas 

Como discutimos anteriormente, os aminoácidos estão envolvidos nos mais variados processos metabólicos nas plantas. 

Deste modo os aminoácidos proporcionam maior taxa fotossintética, maior desenvolvimento do sistema radicular, nutrição balanceada e equilibrada. Esses são exemplos de resultados que auxiliam na maior tolerância às condições ambientais adversas.

7- Aminoácidos nas plantas e o aumento do florescimento 

Segundo Imsande e Touraine (1994), durante a fase reprodutiva ocorre uma alta demanda por aminoácidos em função da remobilização do N foliar para o desenvolvimento das inflorescências, aumentando, desta forma as a exportação de aminoácidos das folhas.

Como falamos, os aminoácidos estão ligados a metabolismo do nitrogênio nas plantas, portanto, os aminoácidos nas plantas, promovem o pleno florescimento aumentando a produtividade das culturas.

8- Sistema radicular 

Aminoácidos como a arginina, possuem efeitos positivos no desenvolvimento do sistema radicular das plantas, o que resulta em um crescimento maior e mais vigoroso das raízes.

Com maior massa de raízes a planta consegue absorver mais nutrientes e alcançar aqueles que possuem baixa mobilidade no solo, além de maior absorção de água.

Os aminoácidos proporcionam também recuperação mais rápida do sistema radicular das plantas sob situações de estresses, tais como, doses excessivas de fertilizantes (salinização do solo) e déficit hídrico moderado.

9- Maior produtividade e qualidade dos produtos agrícolas 

A aplicação de aminoácidos para suprir as exigências das plantas, tem como efeito final a melhora na produtividade, favorecendo desde a germinação até a uniformidade da colheita, aumentando o peso específico de grãos.

Além disso, a utilização de aminoácidos está relacionada a produção de frutos de melhor qualidade, aumentando o teor de sólidos solúveis, produzindo frutos maiores e de melhor aparência, o que implica em um melhor valor de mercado.

Conclusão

Como vimos, os aminoácidos são essenciais para os vegetais, estão envolvidos em processos metabólicos primários e secundários.

Como sínteses de enzimas, de vitaminas, de hormônios e da clorofila. Além disso, são responsáveis pelo  transporte e armazenamento de nutrientes. 

Assim, diferentes aminoácidos podem ser requeridos em diferentes quantidades e em vários estádios do desenvolvimento da planta. 

O fornecimento destes aminoácidos como forma de suplementar a deficiência nas plantas, seja em via foliar ou solo, tem resultados diretos na maior produtividade. 

Você já tinha visto o uso de aminoácidos em plantas? Sabia desses efeitos? Conte para nós nos comentários abaixo!

Elaboração do artigo: Especialista Agrotécnico pelo Emergir Agropecuário

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.