fbpx
Absorção de aminoácidos

Absorção de aminoácidos pelas plantas

Absorção de aminoácidos: entenda como, onde ocorre e a importância disso na melhor condução da sua lavoura!

Os aminoácidos apresentam grande importância no desenvolvimento da cultura.

Entender como eles são absorvidos pelas plantas poderá lhe auxiliar a traçar estratégias de recomendação e alcançar para altas produtividades de seus clientes.

Caso você ainda seja um estudante, com certeza isso vai ser útil no futuro para sua vida profissional, e no presente para suas notas.

Confira agora o que separamos e entenda mais sobre absorção de aminoácidos pelas  plantas e sua aplicabilidade. Aproveite!

Onde  e como ocorre a absorção de aminoácidos nas plantas?

A absorção de aminoácidos nas plantas pode ocorrer principalmente por três vias: pelas sementes, raízes e folhas. 

Ocorre a absorção de aminoácidos via solo, porém sua meia vida neste ambiente é curta e sua absorção depende da presença de transportadores nas raízes e proximidade com a rizosfera. 

Por isso as vias mais utilizadas são via tratamento de sementes ou via aplicação foliar. 

Para entender melhor sobre o processo, separei algumas informações para você, confira!

Absorção de Aminoácidos 
Fonte: PSU
Fonte : PSU

Absorção de aminoácidos via tratamento de sementes

Alguns aminoácidos como ácido glutâmico, fenilalanina, cisteína e glicina de forma isolada, são uma excelente ferramenta para garantir um bom estabelecimento do estande inicial. 

E consequentemente maior produtividade.

Estudos indicam, que os aminoácidos disponibilizados no tratamento de sementes são prontamente utilizados aumentando o desenvolvimento de raízes, por exemplo.

Ainda, em momentos de estresse a sementes podem apresentar menor taxa de conversão de tecidos de reserva em aminoácidos. 

Absorção de aminoácidos via foliar

A aplicação de aminoácidos via foliar tem sido uma excelente estratégia para complementar a adubação mineral e amenizar efeitos de estresses no ciclo da cultura.

Contudo, vale lembrar que conforme vimos lá nas aulas de fisiologia, que as plantas possuem vários mecanismos para impedir a perda de água pelas folhas que consequentemente acabam interferindo na entrada de soluções na mesma. 

Um exemplo é o recobrimento da superfície foliar com cutícula, camada hidrofóbica, não viva, que possui baixa permeabilidade à água, gases e solutos.

Quando estudamos a absorção foliar vemos na prática a importância das aulas de morfologia vegetal. 

Pois, cada espécie vegetal possui características específicas na superfície foliar que podem interferir no processo de absorção foliar. 

Dentre essas características as principais são a espessura e composição da cutícula, além da presença e distribuição de estruturas epidérmicas. Falaremos desses assuntos a seguir.

Absorção de aminoácidos e interferência da cutícula 

A superfície foliar é revestida externamente pela cutícula, geralmente mais espessa na superfície adaxial que na abaxial.

A cutícula é secretada pelas paredes externas das células epidérmicas, formando uma membrana complexa constituída principalmente por quatro componentes: cutina, ceras pectinas e celulose. 

A cutina e a ceras são os componentes mais hidrofóbicos que impedem a absorção de soluções pela folha, por isso a composição e distribuição destes componentes podem dificultar a muito absorção foliar. 

Principalmente porque o solvente mais utilizado na aplicação de aminoácidos via foliar é a água. 

Já as pectinas e celulose são mais hidrofílicas, podem formar importantes rotas e absorção para fertilizantes foliares. 

Absorção de Aminoácidos:  Morfologia da folia e composição da cutícula.
(Fonte: adaptado de Silva et al., 2007 e McKenna, 2011)
Morfologia da folia e composição da cutícula.
(Fonte: adaptado de Silva et al., 2007 e McKenna, 2011) 

O processo de absorção foliar pela cutícula ainda não é bem esclarecido.

Porém a hipótese mais aceita é sobre a formação de poros aquosos que podem ligar a superfície da cutícula com a epiderme da folha. 

Esses poros são formados pelo acúmulo de água nos componentes hidrofílicos da cutícula, sua formação está diretamente ligada ao conteúdo de água na planta e umidade relativa do ar.  

Absorção de Aminoácidos : Modelo de formação de uma conexão aquosa atravessando a cutícula
(Fonte: adaptado de FERNÁNDEZ et al., 2017)
Modelo de formação de uma conexão aquosa atravessando a cutícula
(Fonte: adaptado de FERNÁNDEZ et al., 2017)

Por isso,  seguir as recomendações das boas práticas da tecnologia de aplicação é muito importante, evitando assim condições de vento, altas temperaturas e baixa umidade do ar. 

Absorção de aminoácidos e interferência dos estômatos

Muitos estudos apontam que os estômatos são uma importante rota de absorção foliar. 

Deste modo sua presença e distribuição nas superfícies foliares podem impactar diretamente na capacidade da planta absorver soluções. 

Ao contrário do que se imaginou inicialmente a entrada de soluções pelo estômato não ocorre através do ostíolo e sim pelas células-guarda. 

Devido a trocas gasosas que ocorrem no ostíolo para uma solução poder entrar no orifício sua tensão superficial deve ser muito baixa, o que é possível somente com adjuvantes organosiliconados em condições específicas. 

As células-guarda do estômatos possuem uma cutícula mais permeável com menor deposição de cutina e ceras, o que as tornam uma importante rota de absorção. 

Já outras estruturas como tricomas e papilas podem diminuir a absorção de soluções pelas folhas, pois diminuem o ângulo de contato das gotas com a superfície foliar. 

Deixando a gota com menor contato com a folha e mais expostas a ações atmosfera, sendo mais suscetíveis a evaporação, por exemplo.  

O grande diferencial dos aminoácidos em relação a outro solutos aplicados na planta é que os mesmo possuem características químicas que aumentam sua afinidade pela cutícula facilitando sua absorção. 

Esse fenômeno ainda não está totalmente explicado na literatura.

Porém esses elementos se tornam importantes ferramentas para melhorar a absorção de outros elementos, como nutrientes. 

Por isso muitos adubos foliares são quelatizados com aminoácidos para melhorar sua absorção. 

Absorsção de Aminoácidos : Estruturas epidérmicas e a absorção foliar 
(Fonte: Rosolem, 2012)
Estruturas epidérmicas e a absorção foliar
(Fonte: Rosolem, 2012)

Absorção de aminoácidos pelas plantas e o manejo

Entender sobre a absorção de aminoácidos nas plantas é fundamental para o manejo adequado.

Saiba mais sobre os Tipos de Aminoácidos para as plantas

Pois caso você necessite de uma absorção rápida em estádios iniciais, nossa dica é que opte pela aplicação via tratamento de sementes.

Porém tenha cuidado para aplicar os aminoácidos nas sementes pouco antes da semeadura, pois esses elementos não suportam o armazenamento podendo ser degradados. 

Ou, se sua recomendação for via foliar, não esqueça de utilizar uma boa tecnologia de aplicação, visando principalmente:

  • Ótima cobertura do alvo
  • Boas condições climáticas 
  • Que a cultura esteja em boas condições fisiológicas para absorver o produto.

Conclusão

Entender o processo de absorção de aminoácidos nas plantas é fundamental para o sucesso de uma aplicação.

Mostramos neste artigo onde e como os aminoácidos são absorvidos pelas plantas.

Você pode conferir ainda, a aplicabilidade do processo de absorção.

Espero que com essas informações você tenha entendido um pouco mais sobre os aminoácidos.

Você já conhecia o processo de absorção de aminoácidos para plantas?  Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo!

Elaboração do artigo: Henrique Fabricio Placido, Redator Emergir, engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), mestre em Fitotecnia pela ESALQ/USP. Especialista em Gestão de Projetos pela mesma instituição. Atualmente, doutorando em Agronomia pela Universidade. Estadual de Maringá (UEM), com ênfase em proteção de plantas.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.