/22062795529,22830878229/www.agrotecnico.com.br/www.agrotecnico.com.br_web_stories_4742 google.com, pub-1692112831184972, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Cuidado com lagartas na fase de enchimento

manejo agrícolas lagartas

O cultivo da soja está certamente entre os de maior relevância econômica do mercado brasileiro, com uma relevância muito grande também na exportação.

O desenvolvimento dos grãos passam por diversos estágios, desde a semeadura até a colheita final e a destinação para os devidos usos. Portanto, a compreensão das etapas de desenvolvimento é fundamental para garantir que tudo corra bem e funcione bem no final.

Uma das maiores preocupações são as pragas que podem atacar a lavoura e danificar as plantas, pois comprometem de forma drástica o desenvolvimento delas e consequentemente a colheita dos grãos.

Os insetos são um grande problema, mas especificamente as lagartas. Para te ajudar a prevenir e proteger a sua plantação, preparamos este post com as melhores opções de manejo agrícola e prevenção. Confira!

Estágios da soja

O desenvolvimento da soja está separado em estágios denominados de Escala Fenológica da Soja.

Com ela é possível identificar cada etapa do desenvolvimento da plantação e determinar as necessidades de cultura. Ela está dividida em duas partes: a fase vegetativa e a fase reprodutiva. Dentro de cada uma delas estão os estágios que a planta vive. São eles:

Fase vegetativa

  • Estádio VE — Cotilédones(primeiro par de folhas embrionárias) acima da superfície da terra;
  • Estádio VC — Cotilédones inteiramente abertos;
  • Estádio V1 — Folhas unifolioladas inteiramente desenvolvidas;
  • Estádio V₂ a V6 — Da primeira até a quinta folha trifoliolada desenvolvida;
  • Estádio V(n) — Ante-enésima folha trifoliolada desenvolvida.

Fase reprodutiva

  • Estádio R1 — Início do florescimento;
  • Estádio R2 — Florescimento pleno;
  • Estádio R3 — Início da formação de vagens;
  • Estádio R4 — Vagens desenvolvidas por completo;
  • Estádio R5 — Início do enchimento de grãos;
  • Estádio R6 — Grãos cheios ou completos;
  • Estádio R7 — Início da maturação
  • Estádio R8 — Maturação Plena

Esses estádios foram classificados de acordo com pesquisas de manejo agrícola, feita pela EMBRAPA — Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

Enchimento dos grãos

fase de enchimento dos grãos, que se inicia no estádio R5, acontece quando as folhas, os ramos e o caule da planta translocam os nutrientes para os grãos.

Com isso, portanto, acontece um acúmulo muito rápido de matéria seca. É nessa fase que as plantas atingem o seu maior índice de área foliar, fixação biológica de hidrogênio e crescimento das raízes.

Nessa fase aparecem as vagens com grãos de 3 mm e folhas inteiramente desenvolvidas. As plantas estão muito sensíveis nessa etapa e precisam de bastante água.

A falta dela atrapalha a qualidade, o peso e o rendimento dos grãos. O enchimento de grãos estão subdivididos em cinco estádios:

  1. R5.1 — Grãos perceptíveis ao tato(equivalente a 10% da granação);
  2. R5.2 — Granação de 11% a 25%;
  3. R5.3 — Granação de 28% a 50%;
  4. R5.4 — Granação de 51% a 75%;
  5. R5.5 — Granação de 76% a 100%.

Principais pragas na fase de enchimento

fase de enchimento dos grãos chama a atenção de diversas pragas, os cuidados e o manejo agrícola das plantas precisam ser redobrados.

Nesse período a safra pode sofrer muito com ataques de lagartas, percevejos e nematoides. Os cuidados devem ser constantes, pois os ataques podem prejudicar os grãos e causar prejuízos enormes durante as colheitas.

As lagartas estão entre as pragas que geram maiores preocupações. Portanto, elas provocam muita destruição na plantação e conseguem se proliferar de forma muito rápida.

Algumas espécies podem danificar safras inteiras ou provocar estragos muito grandes.

Principais espécies de lagartas

Saber identificar as lagartas pode ajudar e prevenir diversos prejuízos na sua plantação de soja. Portanto, vamos listar as cinco espécies principais e suas características:

Lagarta Helicoverpa (Helicoverpa armigera)

Essa é uma das espécies mais preocupantes em uma safra, pois elas se alimentam de todas as estruturas da planta, vegetativas e produtivas. Além disso, a sua reprodução é muito rápida.

Lagarta-das-folhas (Spodoptera eridania)

Essa espécie costuma atacar principalmente no final do ciclo da cultura. Além disso, o seu ataque causa o desfolhamento severo da lavoura, atrapalhando o desenvolvimento das plantas e auxiliando a entrada de fungos.

Lagarta-preta-da-soja (Spodoptera cosmioides)

Essa lagarta apresenta uma coloração marrom ou preta com listras amarelas que se prolongam até a cabeça.

Elas também podem conter pontos dourados ou brancos pelo corpo. Além disso, o seu ataque causa o desfolhamento total das plantas, o desenvolvimento das vagens e a produtividade da cultura.

Lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens)

Chamada assim devido a sua forma de locomoção, dobrando o corpo, parecendo muito com a medição feita através de palmos.

Ela raspa as folhas, causando manchas claras e também consome o limbo, deixando as nervuras intactas e a folha com um visual rendilhado. Possui uma cor verde-clara com listras brancas e pontuações pretas pelo corpo.

Lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda)

Essa espécie causa danos em todos os ciclos da soja. Além disso, Elas atacam as plantas por completo e prejudicam o seu desenvolvimento.

Uma de suas características é um “Y” invertido na cabeça, listras claras e pontos pretos no abdome.

Manejo agrícola para combater as pragas

Para combater as pragas é fundamental que o produtor adote o MIP (Manejo Integrado de Pragas). Ele é formado por diversas medidas, que juntas, geram a prevenção das infestações, inclusive das lagartas mais ferozes.

Dentre as boas práticas do manejo agrícola podemos destacar a rotação de culturas, cultivares resistentes, tratamento de sementes e controle químico.

Neste post falamos sobre as principais lagartas, suas características e os cuidados que devem ser tomados para combatê-los em uma plantação de soja.

Preparamos em nosso blog um post falando um pouco mais sobre as pragas iniciais em soja, confira agora mesmo e adquira mais conhecimento sobre esse assunto tão sifnificativo.

Gostou? Então compartilhe nas redes