/22062795529,22830878229/www.agrotecnico.com.br/www.agrotecnico.com.br_web_stories_4742 google.com, pub-1692112831184972, DIRECT, f08c47fec0942fa0

Polióis e seus efeitos nas plantas

Polióis

Os polióis são um tipo de açucar-álcool que pode ter uma variedade de efeitos sobre as plantas. Estes carboidratos em geral, atuam como um protetor contra fatores de estresse, como seca, geadas e altas temperaturas. Além disso, eles podem melhorar o crescimento e o rendimento das plantas sob certas condições. Agricultores e agrônomos devem estar cientes dos benefícios e desvantagens potenciais do uso de polióis em suas culturas.

A sacarose é geralmente considerada a principal produto da fotossíntese das plantas. Muitas árvores frutíferas, no entanto, sintetizam e usam polióis que são mais fáceis de assimilar por plantas e animais.

Os polióis não desempenham apenas um papel na translocação e armazenamento fotossintético, mas também nas respostas botóticas e abióticas. Neste conteúdo também apresentamos informações sobre os efeitos do metabolismo dos polióis para mecanismos bioquímicos na patogenicidade e tolerância ao estresse ambiental. Dá uma nova estratégia para a tolerância ao estresse.

Polióis

A sacarose é geralmente considerada o fotosinteto primário nas plantas, portanto, a síntese da sacarose, o transporte e o catabolismo têm sido bem estudados.

A glicose, frutose e seus ésteres fosfatados, que são provenientes no catabolismo da sacarose, geralmente desempenham um papel no metabolismo primário das células vegetais. No entanto, muitas culturas, incluindo árvores frutíferas, sintetizam e utilizam polióis.

Os polióis são carboidratos que são geralmente formados através da redução de açúcares ou de seus ésteres fosfatos. Os polióis são carboidratos não redutores de alta solubilidade e, portanto, são adequados como carboidratos translocáveis, semelhantes à sacarose, embora um estudo recente tenha afirmado que são transportados no floema.

Sorbitol e manitol e outros importantes polióis

O sorbitol é um composto primário da fotossíntese e um grande carboidrato solúvel no floema de frutos. É o mais conhecido e assim como outros polióis possuem ações fundamentais ao desenvolvimento das plantas. O metabolismo e o transporte do sorbitol são importantes não apenas no acúmulo de açúcar no fruto, mas também na retenção de alta capacidade fotossintética nas folhas da fonte.

Sorbitol também facilita o transporte de boro no floema pela formação de complexos de boro-sorbitol. Estudos interessantes relataram a regulamentação do metabolismo do sorbitol por carboidratos solúveis e hormônios vegetais, principalmente giberelina.

O manitol é amplamente encontrado em plantas e microorganismos. Este composto é um significativo carboidrato solúvel é amplamente encontrado em plantas. A diminuição do manitol e outros açúcares em flores sob baixa luminosidade facilita a evolução do etileno e a abcisão das flores.

A soja contém pinitol, que alegadamente melhora a sanidade e o tratamento da semente com pinitol responde com crescimento do eixo hipocótilo-radícula proporcionando aumentos de até
60%. ( GRAVINA, L.M. 2015).

Bornesitol, um éster metílico de outro ciclitol, o mioinositol, é um carboidrato solúvel dominante no grão-de-bico.

Volemitol, um poliol de sete carbonos, é o principal carboidrato solúvel em Primula, representando 25% do peso seco da folha e 24% do carboidrato de seiva do floema, sugerindo sua importância como carboidrato translocável e armazenado.

Embora os papéis fisiológicos destes vários polióis nem sempre sejam claros, eles são carboidratos fundamentais no armazenamento e translocação. Alternativamente, eles podem estar relacionados à tolerância ao estresse biótico e abiótico, que é uma função específica dos polióis.

Benefício geral dos polióis nas plantas

Os polióis podem proporcionar uma série de benefícios para as plantas. Eles podem ajudar a proteger contra fatores de estresse, como seca, geadas e altas temperaturas. Além disso, eles podem melhorar o crescimento e o rendimento das plantas sob certas condições.

Estes compostos podem ser derivados de fontes renováveis ou não-renováveis. A fonte renovável mais comum é a glicose, que pode ser fermentada para produzir sorbitol e manitol. Estes dois polióis são freqüentemente utilizados na agricultura como uma alternativa ambientalmente correta ao propilenoglicol (um poliol não-renovável comumente utilizado).

Benefício 1: Aprimorar o crescimento das plantas

Um dos seus principais benefícios é que eles podem melhorar o crescimento das plantas. Estudos demonstraram que raízes de plantas tratadas com uma solução de polióis crescem mais rápido e mais forte do que raízes não tratadas. Além disso, as folhas tratadas com uma solução de poliol tendem a ser maiores e mais robustas do que as folhas não tratadas. Esta melhora no crescimento é devida ao fato de que os polióis estimulam a divisão celular das plantas e o alongamento celular 

Melhora no crescimento das plantas

Os polióis também podem ajudam a melhorar o crescimento das plantas sob certas condições. Elas podem ajudar a aumentar a taxa fotossintética da planta. Isto significa que a planta produzirá mais alimentos para si mesma e para suas pragas. Além disso, podem ajudar a melhorar o sistema radicular da planta. Isto pode ajudar a planta a absorver mais nutrientes do solo.

Melhoria do rendimento da planta

Os polióis também podem ajudar a melhorar o rendimento da planta sob certas condições. Eles podem ajudar a aumentar a taxa fotossintética da planta. Isto significa que a planta produzirá mais alimentos para si mesma e para suas pragas. Além disso, podem ajudar a melhorar o sistema de raízes da planta. Isto pode ajudar a planta a absorver mais nutrientes do solo.

Benefício 2: Melhorar a Tolerância ao Estresse

Outro benefício dos polióis é que eles podem melhorar a tolerância ao estresse nas plantas. Isto significa que as plantas tratadas com uma solução de polióis são mais capazes de suportar melhor as tensões ambientais, como a seca, as altas temperaturas e o estresse do sal. Esta melhor tolerância ao estresse se deve ao fato de que os polióis ajudam a regular o metabolismo das plantas e a proteger as células vegetais contra danos 

Proteção contra o estresse da seca

Os polióis podem ajudar a proteger as plantas contra o estresse da seca. Eles fazem isso reduzindo a perda de água das folhas e do caule da planta. Isto ajuda a planta a conservar água e a se manter hidratada durante os períodos de seca. Além disso,podem ajudar a melhorar a eficiência do uso da água na planta. Isto significa que a planta precisará de menos água para manter seu crescimento e rendimento.

Proteção contra o estresse do gelo

Os polióis também podem ajudar a proteger plantas contra o estresse das geadas. O estresse da geada pode danificar o tecido vegetal e levar a uma redução do crescimento e do rendimento. Os polióis podem ajudar a reduzir a gravidade dos danos causados pela geada, fornecendo uma barreira entre a planta e o ar frio. Além disso, podem ajudar a melhorar a tolerância da planta ao estresse da geada.

Proteção contra altas temperaturas

Os polióis também podem ajudar as plantas a lidar com as altas temperaturas. As altas temperaturas podem causar queimaduras e murchamento das folhas. Elas também podem levar à morte de flores e frutos. Os polióis podem ajudar a proteger as plantas contra esses efeitos, reduzindo a perda de água das folhas e do caule. Além disso, os polióis podem ajudar a melhorar a tolerância da planta a altas temperaturas.

Benefício 3: Aumentar a absorção de nutrientes

Além de aumentar o crescimento das plantas e melhorar a tolerância ao estresse, os polióis também aumentam a absorção de nutrientes pelas plantas. Estudos demonstraram que plantas tratadas com uma solução de poliol absorvem mais nitrogênio, fósforo e potássio do que plantas não tratadas. Este aumento na absorção de nutrientes é benéfico para as plantas porque as ajuda a crescer mais fortes e mais saudáveis . Além disso, ela ajuda as plantas a produzir mais alimentos.

Polióis e nutrição vegetal

Os polióis podem ajudar a melhorar a nutrição das plantas de duas maneiras. Primeiro, eles podem ajudar a aumentar a absorção de nutrientes do solo. Segundo, eles podem ajudar a melhorar a eficiência do uso de nutrientes pelas plantas.

 Aumentar a absorção de nutrientes do solo

Os polióis podem ajudar a aumentar a absorção de nutrientes do solo, melhorando o sistema radicular da planta. Este sistema radicular melhorado permite que a planta absorva mais nutrientes do solo. Além disso, os polióis podem ajudar a aumentar a quantidade de tempo que as raízes estão em contato com o solo. Isto aumenta as chances de que os nutrientes sejam absorvidos pelas raízes.

Melhorando a eficiência do uso de nutrientes

Além de aumentar a absorção de nutrientes, os polióis também podem ajudar a melhorar a eficiência do uso de nutrientes pelas plantas. Isto significa que as plantas tratadas com uma solução de poliol precisarão de menos fertilizante para manter seu crescimento e rendimento. Isto porque os polióis ajudam a planta a utilizar melhor os nutrientes que ela absorve do solo. Como resultado, as plantas tratadas com uma solução de poliol serão mais eficientes em seu uso de nitrogênio, fósforo e potássio.

Benefício 4: Melhoria da saúde das plantas

Os polióis também podem ajudar a melhorar a saúde das plantas. Estudos demonstraram que as plantas tratadas com uma solução de poliol têm menos probabilidade de contrair doenças. Isto porque os polióis podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico da planta. Além disso, os polióis podem ajudar a melhorar a resistência da planta a pragas e insetos.

Protegendo as plantas de doenças

Os polióis podem ajudar a proteger as plantas contra doenças, fortalecendo o sistema imunológico da planta. Esta imunidade aprimorada ajuda a planta a combater infecções e doenças. Além disso, os polióis podem ajudar a melhorar a resistência da planta a doenças.

Controle de pragas e insetos

Os polióis também podem ajudar a controlar pragas e insetos. Estudos demonstraram que plantas tratadas com uma solução de poliol têm menor probabilidade de serem atacadas por pragas e insetos. Isto ocorre porque os polióis podem ajudar a repelir estas criaturas. Além disso, os polióis podem ajudar a matar pragas e insetos que conseguem atacar a planta.

Benefício 5: Aumento “tempo de vida” das plantas

Os polióis também podem ajudar a aumentar a vida útil das plantas. Estudos demonstraram que plantas tratadas com uma solução de poliol permanecem mais frescas por mais tempo do que plantas não tratadas. Isto porque os polióis podem ajudar a evitar o crescimento de mofo e bactérias na superfície da planta. Além disso, os polióis podem ajudar a desacelerar o processo de maturação de frutas e vegetais.

Fotossíntese melhorada

Os polióis podem ajudar a melhorar a fotossíntese das plantas, aumentando a quantidade de clorofila nas folhas. A clorofila é necessária para a fotossíntese, e um aumento da clorofila resultará em um aumento da taxa de fotossíntese. Além disso, os polióis podem ajudar a melhorar a eficiência do uso da água pela planta. Isto significa que as plantas tratadas com uma solução de poliol precisarão de menos água para manter seu crescimento e rendimento.

Redução da transpiração

Os polióis também podem ajudar a reduzir a quantidade de água que as plantas perdem por transpiração. A transpiração é o processo pelo qual o vapor de água escapa das folhas de uma planta. As plantas perdem vapor de água através de seus poros, e esta perda de água pode levar à desidratação. Estes carboidratos podem ajudar a reduzir a quantidade de água que se perde através da transpiração, mantendo os poros da planta fechados. Isto reduz a quantidade de água que é perdida e ajuda a manter a planta hidratada.

Benefício 6: Melhorando a produção de frutas e flores

Outro benefício dos polióis é que eles podem melhorar a produção de frutas e flores. Estudos demonstraram que plantas tratadas com uma solução de polióis produzem mais flores e frutos do que plantas não tratadas. Este aumento de produção se deve ao fato de que os polióis ajudar a planta a utilizar melhor os nutrientes que ela absorve do solo. Além disso, os polióis podem ajudar a melhorar a resistência da planta ao estresse. Isto significa que a planta terá menos probabilidade de experimentar problemas como murchamento e morte das flores.

Melhoria da produção de frutas e flores

Os polióis podem ajudar a melhorar a produção de frutas e flores de duas maneiras. Primeiro, eles podem ajudar a aumentar a absorção de nutrientes do solo. Segundo, eles podem ajudar a melhorar a eficiência do uso de nutrientes pelas plantas.

 Conclusão

Os polióis são um tipo de álcool de açúcar que pode ser usado para melhorar a nutrição das plantas. Podem ajudar a aumentar a absorção de nutrientes de o solo e melhorar a eficiência do uso de nutrientes pelas plantas. Além disso, estes compostos podem ajudar a melhorar a resistência das plantas a doenças e pragas, e prolongar a vida útil das plantas.

Os polióis são uma forma segura e eficaz de melhorar a nutrição e o rendimento das plantas. Se você é um agricultor ou agrônomo que está procurando maneiras de melhorar a saúde das plantas, considere o uso de uma solução de poliol.

Fontes

Physiological Roles of Polyols in Horticultural Crops, April 2009

Um resumo sobre os polióis – Agrotécnico em um minuto – resumo do conteúdo semanal

Gostou? Então compartilhe nas redes