fbpx >

Agricultores Heróis , vistos como Vilões

Os Agricultores brasileiros são heróis ou vilões? Essa é uma pergunta que me fazia antes de cursar Técnico Agrícola em Colorado do Oeste-RO. Antes de entender o cenário real e não os textos decorados, as falas repetidas, as estatísticas falsas, as “evidências sem Provas” ( oi? ).

De acordo com o Dicionário a palavra “evidências” deriva da palavra Evidenciar, que  significa tornar evidente, apresentar forma que não deixe dúvida, que se compreenda imediatamente.

O que parece contraditório passa a ser completamente aceitável quando falamos do terrorismo cultural (Marxismo Cultural) que fazem do Agro brasileiro. Podemos notar que é só mais uma esfera de controle das mídias para passar DESINFORMAÇÃO e atrair os olhares mais descuidados para seus agenda.

Não acredita? Veja só essas frases:

“Agricultores enchem os alimentos de veneno”

” Vastas extensões de florestas nativas são derrubadas para dar lugar a plantações de soja ou criação de gado.”

“O agronegócio brasileiro só pensa no lucro, exportando a maior parte da produção para outros países.”

“Índios e sem-terra são assassinados impunemente por fazendeiros.”

Ouvimos isso o tempo todo de Artistas, “preocupados” com nosso bem estar, mas que nunca precisaram sujar as mãos na terra, apenas compram nas feiras orgânicas do mercado perto de casa.

Essas são apenas algumas das ideias faladas repetidamente para que fiquem fixadas nas mentes de uma parte grande de brasileiros. Falar do Agro parece como que ofender alguém, como se isso não fosse o motor que mantem o país de pé.

O pior é que a estratégia de apresentar essas frases com um fundo musical , uma atriz belíssima e um bom patrocinador faz com que as pessoas acreditem sem as Provas. ONGs que nem sabemos de onde vem ou porque estão se manifestando propagam as “evidências ”  sem ter que provar nada, somente com acusação, gritaria e coitadinho.

Nossos heróis  são vistos como os vilões da história, os malvadões que querem acabar com tudo e com todos para terem poder, puro e simples poder.

São Heróis sim

Não é defesa louca dos que  desrespeitam o ser humano e a natureza, afinal opostos extremos de idéias é oque tem nos levado ao caos. Mas é preciso ficar evidente ( dessa vez usando o termo do jeito certo)  que  contribuímos para o setor essencial para a manutenção da vida.

Em 1900, éramos 1,6 bilhão de habitantes. Hoje, somos 7 bilhões. Até 2050, seremos mais de 9 bilhões de bocas para alimentar. E antes que diga que não vai ter espaço no plante para tanta gente, somos insignificantes para ocupar tatos espaços,  como EVIDENCIADO Revista Nature.

Mas quanto a produção de alimentos,  não podemos achar que mantendo os índices e técnicas de 1900 chegaremos ao altas produção. É claro que precisamos de produção de alimentos em larga escala, com produtividade maior em menores áreas  sem agredir o meio ambiente, respeitando todas as leis em vigor. Afinal é muito mais vantagem para o Agricultor produzir com menos espaço. É só usar a lógica.

Mesmo assim quero tranquilizar os de corações mais acelerados que de acordo com a NASA, usamos apenas 7,6% do território brasileiro para lavouras, com muita competência técnicas e de esforço dos setores envolvidos com esse feito. No agro, somos líderes e somos a referência em muitas áreas.

O texto foi baseado na argumentação da Base de Conhecimento da Frente Parlamentar da Agropecuária e para se manter informado com dados reais acompanhe o site da Base de Conhecimento da Frente Parlamentar da Agropecuária, e seu objetivo com este Banco de Argumentos é, com isenção, sem paixões e sem preconceitos, mostrar a realidade de um modo mais abrangente. É um convite ao pensamento.

E para saber mais informações Agrotécnicas , continue acompanhando o site Agrotécnico. Temos um artigo que fala o quanto A agricultura é essencial e o quanto temos Heróis pelo mundo 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.