fbpx
Aminoácidos Fertilizantes

Aminoácidos fertilizantes: o que são e se realmente funcionam

Aminoácidos fertilizantes: entenda melhor o que são, vantagens e desvantagens, o que a ciência sobre seu funcionamento e muito mais.

Os aminoácidos fertilizantes vêm ganhando espaço na agricultura moderna, com isso inúmeras dúvidas sobre seu uso vão surgindo.

Por isso, separamos alguns tópicos que vão te ajudar a entender mais sobre esse tema, não sendo enganado e sem perder sua produtividade. 

Se você ainda é um estudante, com certeza isso vai ser útil no futuro para sua vida profissional, e no presente para suas notas.

Por isso, confira agora o que separamos e entenda mais sobre os aminoácidos fertilizantes e seus benefícios. Aproveite!

O que são aminoácidos fertilizantes?

Os aminoácidos são moléculas que em sua composição apresentam um grupo amina, ácido carboxílico, carbono assimétrico e uma cadeia R. 

Sim, aquele assunto que vimos lá em bioquímica. Eles são fundamentais em inúmeros processos, principalmente na nutrição de plantas. 

Os aminoácidos fertilizantes podem auxiliar na absorção e no transporte de nutrientes pouco móveis. Também apresentam resultados positivos quanto a estresses, como salinidade e seca.

Estudos indicam que a aplicação de aminoácidos pode ser a nova tendência da agricultura moderna, minimizando o uso de fertilizantes e aumentando a produtividade.

Para você compreender quais seriam as possíveis vantagens e desvantagens da utilização desses aminoácidos na prática, separamos algumas informações, confira:

Aminoácidos fertilizantes: vantagens e desvantagens

Vantagens

  • Ação preventiva: Condições climáticas

Os aminoácidos podem apresentar ação preventiva quanto a um determinado estresse, por exemplo a seca. Possibilitando a cultura passar por um período crítico, sem danos.

  • Ação preventiva: Pragas e doenças

Apresentam ação de proteção, agindo fisiologicamente e atuando no sistema de defesa da cultura, contra doenças e pragas. 

  • Absorção e Translocação

Auxilia na absorção e translocação de nutrientes nas plantas, principalmente em casos de baixa mobilidade.

  • Equilíbrio para as plantas

Atuando diretamente nas vias metabólicas, podem estimular a germinação, emergência e floração de plantas.

  • Redução de custos

A utilização de aminoácidos fertilizantes tende a diminuir a utilização de fertilizantes minerais.

Fonte: Growers Secret

Desvantagens

  • Composição

Os aminoácidos não são comercializados isolados, normalmente a composição engloba um ou mais nutrientes, que muitas vezes não seria necessário para aquela área. Não sendo possível deste modo, observar seu efeito isolado sobre a produtividade.

  • Concentração de aminoácidos

Existe uma grande variação na concentração de aminoácidos dentre os produtos comerciais. O que dificulta a tomada de decisão quanto a dose a ser utilizada.

  • Fonte

Devido a variedade de produtos disponíveis no mercado, é difícil assegurar que todas as empresas utilizam fontes de aminoácidos realmente idôneas. 

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens sobre os aminoácidos fertilizantes, separamos algumas informações sobre o que a ciência diz sobre esses produtos.

O que a ciência diz

Quando falamos sobre a aplicação de aminoácidos fertilizantes a dúvida é: será que esses produtos realmente são benéficos para as plantas?

Diariamente cientistas vêm estudando sobre a aplicação de aminoácidos fertilizantes, que tendem a ser utilizados com mais frequência no futuro.

Por isso, separamos algumas informações sobre estudos realizados por Instituições de pesquisas renomadas, confira:

Estudos realizados pela Universidade de São Paulo, avaliaram a influência de fertilizantes foliar a base de aminoácidos na utilização conjunta da adubação tradicional para a cultura da soja.

Seus resultados indicaram que a aplicação de aminoácidos apresentou resultados positivos, com aumento na altura de plantas e um efeito protetivo para herbicidas.

Resultados semelhantes foram encontrados na Universidade Estadual de Maringá, o uso de aminoácidos exógenos amenizou os efeitos indesejáveis do herbicida glyphosate em soja RR.

Encontramos na literatura, diversos estudos que comprovam que a aplicação de aminoácidos fertilizantes de forma exógena melhora a tolerância das culturas a condições desfavoráveis causadas por  fatores bioticos e abioticos, principalmente por atuarem na estabilização de membranas celulares. 

Aguardamos mais pesquisas sobre o uso de aminoácidos em outras culturas de interesse agronômico e seus efeitos em condições reais de campo.

Mercado de Aminoácidos

No mercado existem diversas opções de produtos. Para mais informações, consulte o portfólio da empresa de sua preferência.

A utilização de aminoácidos na agricultura, vem crescendo consideravelmente nos últimos anos.

Mostramos neste artigo o que são esses aminoácidos fertilizantes, suas principais vantagens e desvantagens.

Você pode conferir ainda, o que a ciência diz sobre os aminoácidos fertilizantes e os principais produtos disponíveis no mercado.

Você já conhecia os aminoácidos fertilizantes?  Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo!

Elaboração do artigo: Rayssa Fernanda dos Santos

Redatora Emergir, engenheira Agrônoma pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), mestre em Fitotecnia pela ESALQ/USP. Especialista em Marketing pela mesma instituição. Atualmente, doutoranda em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), com ênfase em produção vegetal.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.