fbpx >
Bioestimulantes

Bioestimulantes Vegetais: o que são, como funcionam e muito mais.

Bioestimulantes : Seu uso visa estimular processos naturais independentemente do conteúdo de nutrientes do produto para melhorar/beneficiar a absorção de nutrientes, eficiência de nutrientes, tolerância ao estresse abiótico, rendimento e qualidade das colheitas.

Os bioestimulantes são uma mistura de hormônios vegetais, microrganismos, nutrientes, extratos de algas marinhas e enzimas, que ajudam a aumentar a produtividade das lavouras. É composto de hormônios de crescimento naturais e rico em nutrientes, e pode apoiar práticas agrícolas sustentáveis, como melhorar a fertilidade do solo e manter um ecossistema natural e viável de plantas e animais no solo.

Os bioestimulantes vegetais são uma ferramenta importante para uma agricultura sustentável devido à sua capacidade de aumentar a tolerância ao estresse abiótico, a eficiência no uso de nutrientes, o desempenho das colheitas e a qualidade.

Eles são complementares aos fertilizantes minerais, melhorando a disponibilidade, assimilação, translocação e uso de certos nutrientes vegetais. Os bioestimulantes operam através de mecanismos diferentes dos fertilizantes, independentemente da presença de nutrientes nos produtos e diferem dos produtos fitossanitários porque atuam no metabolismo da planta, ou enriquecem o microbioma do solo, e não têm nenhuma ação direta contra pragas ou doenças.

O mercado de Bioestimulantes

Em 2018, o tamanho do mercado de bioestimulantes ultrapassou US $ 2,3 bilhões, e estima-se que a taxa composta de crescimento anual entre 2019 e 2025 chegará a 8,3%, conforme estudo da consultoria norte-americana Markets and Markets.

A demanda por práticas agrícolas sustentáveis ​​e a escassez de recursos, incluindo abastecimento de água e terra, promoverão o crescimento do mercado de bioestimulação. A ênfase na revitalização de solos degradados, juntamente com as outras vantagens, incluindo a melhor absorção de nutrientes e o melhor desenvolvimento de plantas, provocam um aumento de demanda do setor, de acordo com o último relatório de pesquisa da Global Market Insights, Inc, em 2024, que revela o tamanho do mercado de bioestimulação ser estimado em mais de US $ 4 bilhões.

mercado global de bioestimulantes
Mercado Global de Bioestimulantes

Devido ao grande número de participantes regionais e globais, o mercado global de bioestimulantes é altamente fragmentado. Os principais participantes incluem Arysta Lifescience Corporation, Varagro, BASF SE, Koppert B.V., Bayer, Biovert SL, Tradecorp Nutri Performance e Tradecorp Nutri Performance. Outros participantes notáveis ​​incluem Artal Agronutients, Lallemand, Ag Concepts, Daymsa, ILSA S.p.A. e Biochim S.p.A., Mahafeed Specialty Fertilizers Pvt. Ltd. E a Micromix Plant Health Limited.

As empresas se concentrarão em investimentos estratégicos em P&D para expandir seu portfólio de produtos e, assim, aumentar a adoção. Estratégias de aquisição e parceria com fabricantes de matérias-primas e outras empresas para aumentar a influência da empresa e expandir o portfólio de produtos estão complementando a expansão geral do mercado.

Por exemplo, a Arysta Lifescience Corporation adquiriu a Etec Crop Solutions para melhorar suas capacidades de desenvolvimento de produtos e expandir suas áreas de especialização. Outro grande exemplo é a Syngenta que adquiriu empresa líder em produtos biológicos, Valagro.

Por outro lado estamos presenciando um maior protagonismo do Agro e com isso uma maior importância da do setor, com uma ênfase no crescimento das exportações apoiado por medidas governamentais favoráveis ​​aumentando a demanda do mercado.

Um número crescente de marcos regulatórios em todo o mundo reconhece os bioestimulantes vegetais como uma categoria de produto distinta relacionada ao conceito amplo da fisiologia das culturas, nutrição vegetal e fertilidade do solo.

Como funcionam os bioestimulantes de plantas?

Alguns fatores muito importantes diferenciam os bioestimulantes vegetais dos fertilizantes tradicionais e outros insumos. Os bioestimulantes vegetais são frequentemente derivados de materiais biológicos e incluem extratos de algas, extratos vegetais, preparos microbianos, matérias-primas animais, substâncias húmicas, resíduos e subprodutos derivados da agro industria.

Na maioria dos casos, são misturas complexas de numerosas substâncias, e seu efeito sobre os cultivos se deve principalmente a esta complexidade e interações sinérgicas, e não à ação de um composto individual. Elas podem influenciar as funções fisiológicas de vários órgãos vegetais, incluindo raízes, caules, folhas, flores e frutos, mas seu modo específico de ação muitas vezes não é bem compreendido cientificamente. Nos últimos anos, a pesquisa agronômica nesta área tem contribuído muito para melhor compreender como cada bioestimulante consegue interferir na performance das culturas.

As múltiplas funções dos bioestimulantes incluem o aumento da ingestão de nutrientes, metabolismo, retenção de água e produção de clorofila. Aumenta a atividade antioxidante das plantas, reduzindo assim o estresse induzido pelo ambiente.

Os bioestimulantes contribuem muito para o desafio da incerteza climática no setor agrícola. Eles também possibilitam estender a produção agrícola sazonal e aumentar os rendimentos produtivos.

Eles podem melhorar o crescimento e desenvolvimento das plantas durante todo o ciclo da cultura, desde a germinação da semente até a maturidade da planta de várias maneiras:

  • Melhorando a eficiência do metabolismo da planta para induzir aumentos na produção e melhorar a qualidade da cultura;
  • Aumentando a tolerância da planta e a recuperação do estresse abiótico; tais como temperaturas extremas, estresse hídrico, salinidade, etc.;
  • Facilitar a assimilação, translocação e utilização de nutrientes;
  • Aumento dos atributos de qualidade dos produtos, incluindo o açúcar
    conteúdo, cor, semeadura de frutas, etc.;
  • Melhorar a eficiência do uso da água.

Estes produtos também tem uma ação melhorando a rizosfera de uma planta, o que pode proporcionar um ambiente melhor para relações simbióticas com microorganismos benéficos no solo ou enriquecendo o microbioma do solo através da adição de bioestimulantes.

Exemplos de componentes bioestimulantes de plantas

Os bioestimulantes vegetais são formulações complexas de várias substâncias e/ou microorganismos.

O efeito de melhoria desse tipo de produto funciona como em muitos sistemas biológicos, agindo maispelo efeito conjunto e associado de seus compostos, que pela ação de um composto específico apenas . A exemplo das plantas às quais são aplicados, o microbioma da biodiversidade do solo, que causam efeito mais pelo conjunto de ações que envolvem o sistema, que pela presença de um componente específico.

Para dar uma didática ao texto separamos, a seguir, alguns dos efeitos de componentes bioestimulantes mais comuns.

Bioestilulantes de Substâncias húmicas

Incluem ácidos húmicos e fúlvicos, estão entre as substâncias orgânicas mais comuns, compondo grande parte da matéria orgânica dos solos do mundo, os ácidos húmicos e fúlvicos são moléculas orgânicas complexas de estrutura e composição diversas que se formam no solo como subprodutos da decomposição e do metabolismo microbiano de resíduos vegetais e animais.

Enquanto os materiais podem variar drasticamente em estrutura molecular e peso, as substâncias húmicas na matéria orgânica do solo têm sido reconhecidas e utilizadas por décadas para melhorar a estrutura e funções do solo.

Elas podem ser aplicadas de várias maneiras, incluindo aplicação direta no solo, aplicação foliar, incorporação em fertilizantes e outros produtos, e através da água de irrigação.

Bioestimulantes de Extratos de algas marinhas e Extratos Vegetais

Estes componentes contêm substâncias úteis com efeitos bioestimulantes. Cada extrato é único, devido à origem do material vegetal e ao processo de extração. No caso de algas, espécies, localização, temperatura da água, época do ano e outros fatores também influenciam a composição exata do extrato. Isto significa que muitos efeitos bioestimulantes variados podem ser proporcionados por uma gama de diferentes extratos de plantas e algas marinhas através de múltiplos mecanismos diferentes.

Alguns compostos de extratos de algas marinhas e de plantas têm demonstrado estimular o crescimento de raízes e novos ramos, assim como a floração e o desenvolvimento de frutos. Algas marinhas e extratos vegetais podem influenciar positivamente o desenvolvimento celular e de tecido, proporcionando melhor e utilização dos nutrientes disponíveis. Esta ação permite efetivamente que as culturas atenuem o estresse abiótico e outros fatores ambientais.

Ao substituir substâncias que as plantas podem fabricar em tempos de estresse, os extratos vegetais e extratos de algas podem ajudar as plantas a conservar energia que pode ser melhor aproveitada para o crescimento.

A diversidade de extratos significa que eles podem contribuir de muitas maneiras diferentes para melhorar o desenvolvimento das plantas, a tolerância ao estresse abiótico, melhorar a qualidade e quantidade do rendimento, fomentar microorganismos benéficos do solo e melhorar o abastecimento, absorção, translocação e utilização dos nutrientes das plantas.

Bioestimulante de Peptídeos e aminoácidos

Bioestimulantes derivados dessas moléculas importantes nos mecanismos vegetais porque são a base das proteínas.

Alguns peptídeos bioativos são capazes de modular importantes funções fisiológicas das plantas porque se ligam aos receptores celulares que regulam os processos metabólicos específicos.

Os peptídeos e aminoácidos derivados de extratos de plantas, também são obtidos de subprodutos animais e microorganismos.

A respeito de Aminoácidos , temos alguns textos que falam com muito detalhe como funcionam. Confira em :

Bioestimulantes derivados microbianos

Os produtos bioestimulantes microbianos (fungos e bactérias) podem incluir soluções de fermentação “pura cepa”, baseadas em isolados individuais, consórcios de isolados misturados ou co-fermentados, ou comunidades “naturais” muito mais complexas derivadas do processamento de matéria orgânica.

Os derivados microbianos demonstraram melhorar o crescimento das plantas através de vários mecanismos diretos e indiretos. Ajudam na disponibilidade e absorção de nutrientes, melhorando as condições do solo, ajudando as plantas a tolerar o estresse abiótico e melhorando os atributos de qualidade geral da cultura.

No seguimento, os produtos biológicos mais comuns incluem bactérias fixadoras de nitrogênio, bactérias solubilizantes do fósforo e fungos micorrízicos.

Conclusão

O declínio na qualidade do solo aumentará a demanda por produtos no mercado de fertilizantes. Benefícios como a melhoraria na tolerância das plantas em se recuperar de estresses abióticos, incluindo condições climáticas extremas, seca, salinidade desfavorável e inundações, aumentarão as perspectivas desse mercado.

Além disso, a tolerância a danos causados por bactérias, fungos e vírus dobra a demanda por bioestimulantes. O surgimento de cepas resistentes a defensivos agrícolas forçará os consumidores a explorar medidas preventivas, que aumentem a respostas das plantas a tais estresses.

Devido ao enorme potencial de crescimento, o crescente interesse dos investidores levou a desenvolvimentos em produtos de bioestimulação. Fatores como melhor acesso ao mercado e integração de alternativas econômicas impulsionam o crescimento deste mercado. Além disso, devido ao desenvolvimento de estruturas regulatórias para proteger o meio ambiente, o agro terá muita influencia dos bioestimulantes.

Podemos concluir que isso promoverá uma melhoria do setor como um todo , gerando uma concorrência mais justa e a inovação, dando credibilidade ao setor ao mesmo tempo que protege os agricultores e consumidores.

Esta é uma adaptação do texto produzido por IFA International Fertilizer Assoiation. Baixe o Arquivo original em : AN INTRODUCTION TO BIOSTIMULANTS

Elaboração do artigo: Deyvid Bueno, Equipe Agrotécnico , Engenheiro Agrônomo pelo Universidade Federal de Mato Grosso, atualmente na Fertiláqua como Gerente de Desenvolvimento de Mercado.

Gostou do texto? Tem mais alguma informação sobre bioestimulantes que ache interessante compartilhar? Adoraria ver o seu comentário abaixo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Conteúdo extremamente generalista, superficial e fraco.

    1. Agradecemos o comentário e desejamos um excelente ano de 2021.
      A idéia da postagem foi de tratar de modo geral sobre essa área , pois aprofundar nesse tipo de conteúdo leva a uma produção um pouco mais longa. Faremos algo um pouco mais a aprofundado , teria alguma sugestão do que abordar para ter um conteúdo melhor ? Se quiser publicar algo , ficaremos felizes em compartilhar conhecimento. Novamente, agradecemos muito seu comentário , isso nos ajuda a direcionar onde e como melhorar.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.